A cultura da inovação nas empresas e as tendências para 2020
  • Lais Esteves

A cultura da inovação nas empresas e as tendências para 2020

Atualizado: Abr 9






A cultura da inovação ganhou destaque após grandes empresas adotarem soluções inovadoras e impactarem nosso modo de vida. Afinal, por que tantas organizações estão incorporando a inovação em sua essência?


Inovamos para obter vantagem competitiva. Preço e qualidade não são suficientes após a era da transformação digital. Para sobreviver, é necessário pensar em soluções que possam tornar sua empresa sustentável e produtiva. A inovação é um recurso utilizado para conquistar resultados e por isso, precisa ter um propósito claro.


O primeiro passo é avaliar quais são os benefícios que o investimento em estratégias inovadoras podem trazer para o seu negócio. O objetivo pode estar relacionado ao fortalecimento de sua marca ou aumentar a produtividade da empresa.


De acordo com o Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae), os resultados podem gerar ganho de competitividade no mercado.

Quando abordamos esse tema, muitas pessoas acreditam que a inovação é uma resposta para grandes corporações. Nem sempre. Atualmente, diversas empresas concentram suas forças para encontrar soluções inovadoras e estão desenvolvendo novas formas de reduzir custos e ascender em um ambiente competitivo.


Hoje encontramos diversas empresas inovadoras realizando mudanças na criação de produtos, atendimento, processos e gestão. Esse movimento também afeta o marketing e a organização de modo geral.


A prática da inovação está ligada aos processos e a criatividade. Nesse contexto, a tecnologia é um dos recursos para que projetos sejam implantados, mas a cultura da inovação também exige inteligência.


Para que essa filosofia seja absorvida pela empresa é necessário realizar uma mudança em toda estrutura organizacional, de modo que os departamentos trabalhem em prol de um objetivo comum. Essa estrutura exige um sistema de experimentação, no qual questionamos o método existente e aprimoramos o fluxo de trabalho.


Agora que você compreendeu a cultura da inovação como uma ferramenta poderosa para os negócios, confira algumas tendências que estão transformando nossa realidade:


Big Data


O Big Data é um conjunto de dados que são armazenados e utilizados pelas empresas. Esses dados auxiliam na tomada de decisões. Sua definição é caracterizada por Volume, Variedade, Veracidade, Velocidade e Valor.


No marketing digital, coletamos as informações armazenadas e definimos as preferências do consumidor, seus hábitos de consumo e outras características que permitem estudar sua jornada de compra e criar estratégias para oferecer produtos e serviços personalizados. A partir do volume de dados é possível realizar previsões e interpretações, além de otimizar tempo e reduzir custos.


Home Office: A inovação no ambiente de trabalho



O modelo de trabalho tradicional está sendo questionado. Diversas empresas têm se adequado ao trabalho home office. A tecnologia facilitou a comunicação entre os membros da empresa e permitiu o acesso às ferramentas de trabalho em qualquer lugar. O home office é uma tendência adotada por empresas que desejam reduzir os custos e promover uma cultura de trabalho inovadora.


Casas Conectadas


A inovação chegou nos lares brasileiros. Atitudes simples como apagar as luzes e ativar o alarme são realizadas através de pequenos dispositivos. As assistentes virtuais são desenvolvidas a partir da Inteligência Artificial (IA) e atendem os comandos de voz dos moradores.

Empresas de tecnologia estão lançando suas versões, capazes de cumprir tarefas que podem facilitar o cotidiano. As assistentes virtuais podem reduzir o tempo que você gasta pesquisando notícias e verificando a temperatura.

Basta um comando para que ela busque a informação e se conecte com outros dispositivos da casa. Além de otimizar sua rotina, a assistente pode ajudar na economia de energia, apagando as luzes e até desligando o sistema de ar condicionado.

Blockchain: Inovação em segurança


O Blockchain é uma tecnologia desenvolvida para registrar as criptomoedas, entre elas, o bitcoin. Esse “livro contábil” garante a segurança das transações por meio de um sistema criptografado. As informações são armazenadas em blocos e distribuídas em uma rede.

Esse registro é aberto, o que permite um processo transparente. A inovação está realizando grandes mudanças no setor financeiro e em outros segmentos, pois o blockchain pode ser útil para armazenar informações como documentos e outros dados.

Reconhecimento Facial


O Reconhecimento Facial é outro recurso utilizado na era digital para garantir a segurança. Essa tendência de inovação é adotada por muitas empresas, desde a função de desbloqueio de smartphones até processos complexos como resolução de crimes. Hoje, é possível registrar o ponto de colaboradores através do reconhecimento facial e realizar pagamentos.

A inovação além da tecnologia


Embora muitas inovações estejam vinculadas à tecnologia, o processo de inserção desta cultura vai além do investimento em softwares e máquinas. A tecnologia pode facilitar a rotina de trabalho e aumentar a produtividade, mas para empregá-la de maneira eficiente é preciso investir em estratégias.



A prática da cultura da inovação também depende da motivação da equipe. O papel do gestor é fundamental na construção de um ambiente apto para projetos ousados e criativos. Antes de tudo, lembre-se que inovação não significa invenção. Uma empresa pode inovar adotando práticas já existentes no mercado.


O desafio é implantar esta solução, definir objetivos e gerar resultados. Parece complexo, mas com um bom planejamento é possível romper com o modelo atual e desenvolver práticas inovadoras.

0 visualização

©2020 por Inteligência Digital | Consultoria em Estratégia e Marketing Digital.